quarta-feira, setembro 01, 2010

Uns versos inda frescos de orvalho


Uns versos inda frescos de orvalho

odete ronchibaltazar

Passa o vento entre as rimas e brinca
de declamar
a poesia das manhãs.
Sol entra de fininho,
disfarça-se,
pendura-se no varal,
passeia entre os significados
e transforma o meu dia.
Hoje,
sem falta,
brincarei de poesia.

Um comentário:

Léia Cook disse...

Lindos versos, botei um chamado para seu blog no meu e usei este imagem linda...veja se vc gostou. Bjss e bom feriadão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...