domingo, junho 29, 2008

Egoísmo

















Egoísmo

odeteronchibaltazar

Não me dei conta que cada tua mirada
era um poema escrito na íris,
marcada para sempre
pela luz do teu amor.
Como poderia eu perceber
se para mim mesma estava voltada?
Se estive o tempo todo
remoendo minha própria dor?

odeteronchibaltazar

4 comentários:

claudia helena villela de andrade disse...

Odetinn...vc nunca é egoista..te amo. claudinnn

tania melo disse...

Quantas vezes não vemos nada além de nossa própria figura, embora julguemos estar fitando outra, que nos magoa, nos fere, nos maltrata e, sofrendo, de verdade, lançamos culpas aqui e ali,em todo o lugar, sem nos darmos conta de que NÓS MESMAS NOS FERIMOS.
Esse"enxergar-nos" não deve ser abandonado. Apenas deve ser transformado. Vermos o nosso lado lindo e merecedor. E nos darmos conta de que TODA A BELEZA VEM DE NÓS. Tão só aflora.
beijo grande e, veja bem, foi teu poema quem me disse isso. Talento não se adquire,já se nasce com ele. Este tu tens de sobra, além da beleza física e de alma.

rosa pena disse...

"era um poema escrito na íris,
marcada para sempre
pela luz do teu amor."... isso é muto lindo minha amiga.. aliás, vc é de uma delicadeza na escrita que emociona.. beijos..rosita

SonharColorido disse...

Odete...é SilviaFilippo, adoro o que vc escreve, sabe disso né?

Vou roubar pra formatar alguns, coloquei em favoritos...hahahaha!!

BOM DIAAAAAAAA lindona!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...